top of page

Bahia tem 14 armas de fogo apreendidas por dia no mês de Julho

Cerca de 2.700 armas de fogo foram apreendidas no estado, somente no primeiro semestre deste ano ano.

No mês de julho, cerca de 14 armas de fogo foram apreendidas por dia durante ações das forças de segurança em todo o estado. De 1º a 31 de julho de 2023, 427 armamentos foram retirados de circulação.


Entre os materiais bélicos encontrados com criminosos durante ações policiais que resultaram em flagrantes e no cumprimento de mandados de busca e apreensão, nos 31 dias, estão fuzis, revólveres, espingardas, pistolas, submetralhadoras, carabinas, além daquelas adaptadas e de fabricação caseira.


Parte dessas armas foi encontrada durante ações policiais nos dias 28, 30 e 31 de julho, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, no município de Itatim e no bairro de Cosme de Farias, na capital baiana.


Primeiro semestre


Cerca de 2.700 armas de fogo foram apreendidas no Estado, somente no primeiro semestre deste ano ano. Deste número, cerca de 30 fuzis foram encontrados em ações policiais ao longo de seis meses, superando o número de 22 encontrados durante todo o ano passado.


A nossa missão é neutralizar as ações das facções criminosas, que são as responsáveis pela maior parte das mortes violentas registradas no estado. Retirar essas armas das ruas diminui as chances de ocorrências como balas perdidas e os chamados bondes com ataque a rivais. Vamos continuar trabalhando para barrar a circulação desse material e sufocar os grupos criminosos”, detalhou o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner.

bottom of page