top of page

Caged: Brasil cria 241.785 vagas com carteira assinada em fevereiro, acima do esperado

Nos últimos 12 meses, saldo positivo é de 1.834.902 empregos; quantidade total de vínculos CLT ativos alcançou 42,770 milhões.

O Brasil fechou o mês de fevereiro com saldo positivo de 241.785 postos de trabalho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Ministério do Trabalho e Previdência. O dado do mês superou a projeção do consenso Refinitiv, que esperava saldo de 161 mil contratações.


O resultado decorreu de 1.949.844 admissões e de 1.708.059 desligamentos no mês. O estoque, que é a quantidade total de vínculos CLT ativos, alcançou 42.770.781 vínculos em fevereiro, o que representa uma variação de +0,57% em relação ao estoque do mês anterior.


Nos últimos 12 meses, foi registrado saldo positivo de 1.834.902 empregos, decorrente de 22.605.959 admissões e de 20.771.057 desligamentos.


Em fevereiro, quatro dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas registraram saldos positivos de vagas: Serviços (+164.200 postos); Construção (+22.246 postos); Indústria geral (+40.380 postos), principalmente na Indústria de Transformação (+37.190 postos); Agropecuária (+16.284 postos). Por outro lado, Comércio perdeu 1.325 postos.


Para o conjunto do território nacional, o salário médio de admissão em fevereiro de 2023 foi de R$ 1.978,12. Comparado ao mês anterior, houve redução real de -R$ 54,14 no salário médio de admissão, uma variação de 2,47%.

bottom of page