top of page

Prefeitura de Valença celebra o Dia Internacional da Síndrome de Down

O evento contou com a participação das instituições como a APAE e a Pestalozzi.


Em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado na terça-feira, 21 de Março, a Prefeitura de Valença, por meio da Secretaria de Saúde, realizou nesta quarta-feira (29), na Segunda Igreja Batista, o evento “Síndrome de Down – Vamos celebrar as nossas diferenças juntos!”.


O objetivo foi celebrar a vida das pessoas com trissomia do cromossomo 21 e disseminar informações para promover a inclusão de todos na sociedade.


O evento contou com a participação das instituições como a APAE e a Pestalozzi, que recebem apoio da prefeitura nos seus trabalhos de inclusão social, dos equipamentos municipais como o Centro de Reabilitação para Crianças Especiais, a Sala de Recursos Multifuncional da Escola Municipal Padre José de Souza e Oliveira, além de todos os profissionais, familiares e comunidade.


A palestra com o tema: “Mitos e verdades sobre a Síndrome de Down” e a mesa redonda com o tema: “Contribuições da equipe interdisciplinar na Síndrome de Down” foram norteadores para esse momento de celebração de histórias, vivências e desafios.


Para o vice-prefeito, Joailton Manoel, esse encontro foi importante e cheio de significados. “Esse momento é importante também para a gestão municipal, entender como as estruturas, ao qual somos parceiros, são necessárias para a inserção da pessoa com Síndrome de Down no ambiente escolar e social”, afirmou.


O que é a Síndrome de Down?


A Síndrome de Down (SD) ou trissomia do cromossomo 21 é uma alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21. Isso quer dizer que as pessoas com Síndrome de Down têm 47 cromossomos em suas células, ao invés de 46, como a maior parte da população.


A Síndrome de Down não é uma doença e não deve ser tratada como tal. Pessoas T 21 são, na maior parte do tempo, saudáveis. Ocasionalmente, como consequência de baixa resistência imunológica, as crianças com Síndrome de Down, principalmente nos primeiros anos de vida, são mais susceptíveis a infecções, principalmente no sistema respiratório e digestivo. Essa propensão vai diminuindo com o crescimento.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page